Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os anos do Rock em Stock

Viagem aos anos da New Wave, tendo por referência o programa de rádio Rock em Stock, de Luís Filipe de Barros, na sua primeira fase (1979/1982). Celebrando os 40 anos do Rock em Stock.

Os anos do Rock em Stock

Viagem aos anos da New Wave, tendo por referência o programa de rádio Rock em Stock, de Luís Filipe de Barros, na sua primeira fase (1979/1982). Celebrando os 40 anos do Rock em Stock.

18.10.20

Tops de 18 de Outubro de 1980 (BSR + singles + álbuns)

♫Top de bandas de ska e reggae do Rock em Stock de 18/10/1980 (do 15.º ao 11.º lugar) (reconstituição) (duração: 10min)♫

♫Top de bandas de ska e reggae do Rock em Stock de 18/10/1980 (do 10.º ao 1.º lugar) (reconstituição) (duração: 27min)♫

 

Punk Rock, Mod Revival, Soul, Reggae, 2-Tone/Ska... Uma variedade de géneros nos 15 primeiros lugares do “top de bandas de ska e reggae” do Rock em Stock de sábado, 18 de Outubro de 1980. O top era um top 10 e a apresentação do top era sempre restrita aos primeiros 10. Mas, por vezes, eram divulgados alguns lugares fora do top (normalmente, até ao 15.º lugar).

 

♫Top de singles do Rock em Stock de 18/10/1980 (do 15.º ao 11.º lugar) (reconstituição) (duração: 14min)♫

 

Top de singles do Rock em Stock de 18 de Outubro de 1980, do 15.º para o 11.º lugar. O top de singles continuava a ser um top 10, mas, também neste caso, por vezes eram divulgadas as posições do 15.º ao 11.º lugar, antes do desfile do top propriamente dito.

 

♫Gravação do desfile do top de singles do Rock em Stock de 18/10/1980 (duração: 14min)♫

 

Do 10.º para o 1.º lugar, os 10 singles do top do Rock em Stock de 18 de Outubro de 1980. É a gravação do desfile do top, mas sem locução. A pessoa que fez esta gravação queria gravar só as canções (quase todas não editadas em Portugal) e fez uma grande ginástica para cortar a locução de Luís Filipe Barros (quando entrava a locução, parava a gravação, voltava a fita um pouco atrás e recomeçava a gravação na canção seguinte). Anos depois, arrependeu-se amargamente de não ter gravado também a locução de Luís Filipe Barros.

 

A gravação é em estéreo, mas de fraca qualidade, com muito ruído, indiciador de que a recepção FM era fraca (muita gente gravava os tops do Rock em Stock em mono, a partir da Onda Média, para evitar esse problema e ter gravações mais “limpas”, embora em mono).

 

Dos 15 singles, só 5 é que estavam editados em Portugal (e dois deles eram portugueses).

 

♫ Gravação do desfile do top de álbuns do Rock em Stock de 18/10/1980 (duração: 40min)♫

 

Do 20.º para o 1.º lugar, os 20 álbuns do top do Rock em Stock de 11 de Outubro de 1980, antecedida e seguida da canção que iria ser o “power play” do Rock em Stock a partir da 2.ª feira seguinte (“Sympathy for the devil”). O “power play” era a canção em destaque ao longo da semana, abrindo as emissões e cada nova hora da emissão. Quando sobrava tempo da apresentação dos dois tops, a emissão de sábado finalizava com o “power play” da semana seguinte, o que também aconteceu neste dia. A canção “Sympathy for the devil” aparece, por isso, no princípio e no fim desta gravação.  

 

Tal como explicado atrás para o top de singles, esta gravação não tem, infelizmente, a locução de Luís Filipe Barros.

 

Tanto num caso como no outro (singles e álbuns), optámos por mexer muito pouco na gravação: fez-se um remendo ou outro onde a fita falhava e completou-se o mínimo.

 

Este texto foi corrigido em 23/10/2020, na sequência da rectificação, na mesma data, da entrada “Top de bandas de ska e reggae ao sábado e novo horário ao sábado”, publicada em 11/10/2020.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Tags

mais tags

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Seguir no Twitter